top of page

Qual a importância do Exame Preventivo (Papanicolau)?



Auxiliar na manutenção da saúde da mulher é papel dos ginecologistas que tem como um dos seus maiores aliados a colpocitologia oncótica, popularmente conhecida como Papanicolau.

Esse exame faz parte da rotina médica e realizado periodicamente para verificação do colo do útero e se não há o aparecimento de alterações em seu tecido, causadas por doenças ou infecções.

Apesar de ser um exame essencial para diagnóstico, prevenção e controle de doenças que acometem a região uterina, nem todas as mulheres seguem as orientações dos especialistas e acabam optando por não realizá-lo ou não retornam ao consultório para entregar os resultados.

Reunimos as principais informações sobre a importância do Papanicolau e motivo pelo qual ele deve ser realizado com frequência. Clique Aqui e agende o seu exame.

 

Qual a importância do exame Papanicolau?


O exame preventivo atua no diagnóstico de uma série de irregularidades no aspecto das células do colo uterino. É considerado o principal método para se obter o diagnóstico precoce de lesões cancerígenas no colo do útero, antes mesmo que o quadro evolua o suficiente para externar sintomas notáveis.

Quando as chamadas lesões precursoras (que antecedem o aparecimento efetivo da doença) são detectadas, as chances de cura do quadro são de alta probabilidade.

O exame também auxilia no diagnóstico de outras questões como:

  • Alterações no colo do útero ocasionadas pelo HPV (lesões internas);

  • Infecções e inflamações vaginais;

  • Doenças sexualmente transmissíveis que não manifestam sintomas externos.


Como é feito o Exame Preventivo?


O exame é realizado com a paciente em posição ginecológica, com as duas pernas separadas e apoiadas em suportes. O médico ginecologista examina a parte exterior da vagina da paciente e observa se há algum corrimento ou anormalidade, logo após, introduz um espéculo vaginal (também conhecido como bico de pato) na vagina, para que seja possível a visualização do colo do útero.

Com o uso de uma espátula especial e de uma escova endocervical, é possível colher amostras do tecido uterino para analisar possíveis lesões presentes.

O material coletado é colocado em uma lâmina e levado para análise em laboratório.


Quem e Quando deve ser realizado o Exame Preventivo?



Quem deve realizar o exame? Qualquer pessoa com colo do útero, que já tiveram atividade sexual deve realizar o exame.

Devido à longa evolução da doença, o Papanicolau pode ser realizado anualmente. Ele também pode ser feito por mulheres virgens após os 21 anos, utilizando material especial e apenas segundo a orientação do médico.

A prevenção também pode ser feita na gravidez até o quarto mês no máximo, sendo realizado de preferência na primeira consulta de pré-natal, caso a mulher não o tenha feito recentemente. Além disso, o exame é seguro para o bebê, pois não atinge o interior do útero nem o feto.

Além de realizar o exame, é indispensável retornar ao local onde foi realizado na data marcada para saber o resultado e receber instruções possíveis. É preciso lembrar que tão importante quanto realizar o exame, buscar o resultado e apresentá-lo ao médico são passos necessários.


Preparo do Exame Papanicolau



Há algumas orientações quanto ao preparo do exame, como:

  • Não ter tido relação sexual nas 72 horas anteriores ao exame;

  • Não utilizar duchas de higiene íntima;

  • Não utilizar cremes ou lubrificantes vaginais.

Podem ser requisitados outros preparos para o exame que são passados através do agendamento.


Contraindicações

Não há contraindicações severas para realizar o exame de Papanicolau.

Em caso de gravidez, é recomendado o exame apenas até o quarto mês de gestação e não causa nenhum mal ao útero ou ao bebê. Após parto, é necessário aguardar entre seis e oito semanas para fazer a coleta.


Quais Doenças detecta o Exame Papanicolau?

Além de ser o maior aliado na hora de diagnosticar lesões do colo de útero que podem se tornar câncer, o exame também pode detectar outras doenças, como:

  • Clamídia;

  • Sífilis;

  • Gonorreia;

  • HPV;

  • Candidíase;

  • Tricomoníase;

  • Detectar presença de nódulos ou cistos.


Qual a Importância do (a) Ginecologista?


Como prevenção da saúde feminina, a visita ao Ginecologista deve fazer, no mínimo, parte da rotina anual da mulher.

O ideal é que as consultas com o especialista sejam iniciadas após a primeira menstruação da mulher, pois é nesse momento em que se inicia a vida sexual.

Isso não quer dizer que a menina terá relações sexuais após a menstruação, mas que o ciclo reprodutor feminino começou e é preciso conhecer o funcionamento do corpo, da ovulação às cólicas e da gravidez indesejada às doenças sexualmente transmissíveis.

Se você ainda está na dúvida sobre visitar um ginecologista ou sobre a preferência por um profissional homem ou mulher, peça indicações coloque sua saúde na frente, faça todas as perguntas precisar e fique tranquila: as consultas são sempre sigilosas!

Agora que você já sabe tudo sobre o exame preventivo e sua importância para a saúde da mulher, Clique Aqui e entre em contato com a Clínica Dr. Saúde Rio, no Centro de Itaguaí, e agende sua consulta com nossa médica Ginecologista.

Além disso, contamos com mais de 20 especialidades médicas, além de exames laboratoriais, cirurgia plástica, cirurgias em geral, fisioterapia e muito mais, tudo para cuidar da sua SAÚDE!

Invista no seu maior patrimônio: sua SAÚDE!

 

☎️ Telefones: (21) 2688-4372 ou +55 21 98888-0469 (WhatsApp).

📍 Endereço: Rua Walter Barbosa Coelho,58 - Centro - Itaguaí/RJ (Clique aqui)


Comments


bottom of page